Tríade do tempo: como ela ajuda na gestão de equipes

tríade do tempo, homem segurando caneta, organizando em um caderno de planejamento, celular ao lado, relógio, notebook, post it

Você já ouviu falar na tríade do tempo? O conceito criado por Christian Barbosa – o maior especialista em produtividade do Brasil – traz uma abordagem inovadora sobre a gestão do tempo.

Nesse post, explicamos o que consiste a tríade do tempo e como pode ser aplicada na rotina corporativa. Para os gestores de equipes, adotar a tríade no dia a dia proporciona resultados significativos.

O que é a tríade do tempo?

E se a gente pudesse dividir o tempo em três grandes grupos? A tríade do tempo segue esse princípio para separar as horas do dia entre atividades importantes, urgentes e circunstanciais. A divisão nesses grupos tem como principal objetivo tornar a rotina mais produtiva, ou seja, preenchê-la, prioritariamente, com tarefas classificadas como importantes. Entenda como são definidos os três grupos de atividades que compõem a tríade do tempo:

  • Importantes: atividades que, de fato, fazem a diferença no seu dia e que geram resultados.
  • Circunstanciais: sabe aquelas tarefas que você executa sem grande motivação e não sabe se vão gerar resultados? Elas entram no grupo das atividades circunstanciais.
  • Urgentes: grande gargalo de produtividade, as atividades urgentes chegam sempre de última hora e comprometem toda a rotina corporativa. São prejudiciais à produtividade individual e coletiva.

(Você sabia que a tríade do tempo também é um livro? Clique aqui e conheça mais sobre essa obra de Christian Barbosa, ideal para quem busca aprofundar seus conhecimentos em gestão do tempo)

A aplicação da tríade do tempo

A separação de tarefas entre importantes, urgentes e circunstanciais não é algo simples de ser feito. Existe uma mudança de mentalidade envolvida, por isso Christian Barbosa definiu cinco etapas para a aplicação plena da tríade do tempo nas empresas e na vida pessoal.

  • Identidade: no passo inicial, você e os profissionais que compõem a sua equipe devem analisar o que é mais importante dentre as atividades da empresa e quais são aquelas que mais trazem resultados. Isso vai dar um norte para o planejamento de tarefas e garantirá que as importantes sejam priorizadas.
  • Metas: definir metas é uma forma consistente de evoluir nas mais diversas áreas. O mesmo vale para produtividade e gestão do tempo, dois campos bem práticos que têm de ser trabalhados de forma contínua. Busque um modelo de desenvolvimento consciente, sem pressa para revolucionar a organização da empresa. Por exemplo: em três meses, todos os colaboradores estarão usando a tríade do tempo.
  • Planejamento: metas definidas? O momento agora é de planejar para atingi-las no tempo certo. O planejamento envolve objetivos de curto, médio e longo prazos. Por isso, a complexidade das atividades previstas deve variar de maneira coerente.
  • Organização: complementar ao planejamento, a organização passa por uma revisão dos ambientes físicos, digitais e de conhecimento da empresa. Tenha em mente que a falta de organização pode consumir dezenas de horas ao longo das semanas.
  • Execução: a fase decisiva da implementação da tríade do tempo é dividir as horas diárias dos colaboradores para cumprir todas as tarefas previstas. Na execução, é fundamental tomar cuidado para não ser tragado pelas urgências e manter o foco nas atividades classificadas como importantes.

Como a tríade do tempo contribui para uma melhor gestão de equipes?

A divisão mais clara das atividades do dia a dia faz grande diferença na gestão de equipes. Líderes e liderados só vão se beneficiar de um sistema bem organizado. Veja quais são os principais benefícios:

Melhor controle sobre o tempo: com a utilização da tríade do tempo, os colaboradores passam a ter maior controle sobre as horas do seu dia. Com isso, conseguem priorizar as tarefas importantes e têm menos chances de perder os prazos.

Redução de urgências no dia a dia: a rotina corporativa, em muitos casos, é recheada de urgências. Essa prática é extremamente prejudicial aos resultados, pois tira o foco das tarefas importantes e deixa os colaboradores perdidos. É fundamental que o gestor de equipes passe a seus subordinados o valor da tríade do tempo e o perigo do acúmulo de urgências.

Conscientização dos colaboradores: utilizar a tríade do tempo é uma forma de tomar consciência a respeito do controle das horas. Todas as pessoas se beneficiam nesse processo e os colaboradores tendem a organizar melhor o seu tempo dentro da empresa. A consequência natural é um salto nos resultados, pois todos os integrantes da equipe passam a render mais e focados nas atividades que, de fato, vão levar a companhia a novos patamares.

Motivação para elevar a produtividade: adotar a tríade do tempo na rotina corporativa leva também a um ciclo virtuoso. À medida que percebem o aumento em seu rendimento, os colaboradores se motivam a crescer cada vez mais. Com isso, a empresa só tem a ganhar, pois as equipes terão a tendência de elevar a sua produtividade em diferentes frentes, desde a redução quase total de urgências até o cumprimento de metas elevadas.

O melhor caminho para implementar a tríade do tempo

Agora você já sabe como a tríade do tempo é valiosa para a gestão de equipes. Mas o que fazer para aplicá-la em sua empresa? A melhor opção atende pelo nome de Neotriad, o software que foi desenvolvido pelo próprio Christian Barbosa tendo como base o seu conceito.

O Neotriad é uma ferramenta pensada para aperfeiçoar a gestão de equipes e otimizar o uso do tempo. Para isso, todas as tarefas podem ser categorizadas de acordo com a tríade do tempo e dispostas em um calendário. O software tem uma série de outras funções, tais como a criação de projetos e a definição de metas de longo prazo. Que tal fazer um teste gratuito com sua equipe durante duas semanas? Clique aqui e comece agora mesmo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 + um =

Rolar para cima