Equipes Multidisciplinares: conheça os 6 segredos da gestão

equipes multidisciplinares, produtividade no trabalho, homens e mulheres em uma sala com notebook, café na mesa, conversando sobre projeto, sendo produtivos durante o trabalho

Muitos profissionais se perguntam: qual é o segredo para criar uma empresa bem-sucedida? Uma série de fatores pode explicar o porquê de algumas companhias alcançarem suas metas, possuírem uma imagem forte no mercado e conseguirem se desenvolver de uma maneira tão produtiva. Um dos principais é o trabalho de equipes multidisciplinares.

Esse grupo é formado por profissionais que detêm habilidades e conhecimentos específicos em suas áreas de atuação e se unem em prol de um único objetivo: o crescimento e alcance de metas da organização em que trabalham.

Contar com a atuação de profissionais brilhantes e os fazer trabalhar juntos é um das armas mais poderosas que uma empresa pode ter, e o sonho de qualquer líder. Mas sem uma gestão eficiente, esse trabalho pode não render o esperado, gerar conflitos de interesses e disputas de egos dentro do ambiente de trabalho.

Se você está lidando com equipes multidisciplinares na sua empresa, não deixe de conferir 6 dicas que podem te ajudar a garantir o melhor proveito dos seus talentos!

1. Defina os papéis de cada membro do grupo

É comum que equipes multidisciplinares sejam formadas por colaboradores de todos os níveis e áreas de uma empresa.

Para lidar com especialidades e perfis tão diferentes, é essencial que você estabeleça algumas metas e funções específicas para cada indivíduo. Essa é uma maneira de identificar mais facilmente as habilidades e competências de cada um, mas, principalmente, evitar a desorganização e os conflitos.

Ao serem contratados, os colaboradores sabem, mas não enxergam com clareza, quais serão as suas responsabilidades, o que a empresa espera deles e o que exigirá mais a sua dedicação.

Quando um profissional conhece o seu papel e o que precisa ser feito em uma organização, ele consegue desenvolver um trabalho mais eficiente, atuar bem em grupo e se focar no que é realmente importante para alcançar metas.

Essa também é uma maneira de manter uma estrutura de cargos e salários mais justa, o que ajuda a reter talentos e aumentar a motivação dos membros dessa equipe.

2. Dedique tempo às pessoas

Para entender e lidar com perfis profissionais tão diferentes, é preciso dedicar mais tempo às pessoas. E não somente a busca por lucros e resultados.

Uma gestão eficiente precisa realmente ouvir o que a sua equipe tem a dizer. Não apenas do ponto de vista coletivo, mas as suas demandas, dificuldades e necessidades individuais.

Conhecer as características mais relevantes e proeminentes de cada profissional facilita a gestão do grupo como um todo. Quando um líder entende que empresas são feitas por pessoas e se dedica a entendê-las, ele consegue:

  • Definir os papéis mais facilmente de acordo com as aptidões de cada um;
  • Explorar os diferenciais do seu time;
  • Trabalhar em pontos que não estão indo bem;
  • Obter os melhores resultados e, principalmente, motivar a sua equipe.

3. Forneça feedbacks

O feedback é uma ferramenta importante para motivar colaboradores. Uma boa resposta traz a motivação para que o profissional mantenha uma atuação de alto nível. Um retorno ruim pode ser um propulsor para esse profissional aumentar a sua produtividade e melhorar a sua performance, por meio de capacitação e treinamentos.

A cultura do feedback permite ao líder ter uma melhor análise de desempenho e avaliar a sua estratégia de gestão. Ela ainda permite que o colaborador exponha seu ponto de vista, entenda a sua real importância no desenvolvimento da organização e trabalhe em parceria com o líder, e com outros profissionais, para solucionar o que não está indo bem.

4. Priorize o interesse coletivo

Priorizar as necessidades e oferecer suporte a um único profissional dentro de um grupo multidisciplinar é um caminho fácil para gerar conflitos, reduzir a motivação e a produtividade.

Para que as equipes multidisciplinares funcionem com coesão, desenvolvam ao máximo as suas habilidades e tragam melhores resultados para a empresa, o interesse coletivo deve ser o foco da sua liderança. Isso acontece por meio de um planejamento estratégico e reconhecimento da importância da atuação de cada um desses profissionais.

5. Estabeleça limites

A gestão de equipes com perfis, interesses, habilidades e personalidades diferentes exige que você também saiba dizer “não”. Para muitos gestores é muito fácil perder o controle e deixar que os colaboradores façam o que querem, de acordo com a sua própria vontade ou da forma que acham correta.

Isso acaba gerando uma desorganização que interfere nos resultados da empresa. Estabelecer limites evita a disputa por controle, ajuda a manter um funcionamento saudável e estabelece a sua identidade como mentor de uma equipe, sem precisar fazer uso da autoridade ou poder.

Para isso, é ideal que você:

  • Esclareça os requisitos dos papéis e das tarefas de cada colaborador;
  • Exponha regularmente suas expectativas e a sua missão com a empresa;
  • Mantenha um tom profissional;
  • Tome decisões em consenso com o grupo, mas saiba impor ideias que considera benéficas para a empresa;
  • Chame atenção de um colaborador de maneira individual e longe dos olhos de todos;
  • Evite tomar decisões baseadas na emoção ou tratar colaboradores com arrogância;
  • Lidere pelo seu exemplo, e não pelo cargo que possui.

6. Explore os potenciais individuais

Tratar uma equipe multidisciplinar como uma “massa uniforme” é um dos grandes, e mais graves, erros de um líder.

Muitos evidenciam apenas a dificuldade em gerir pessoas tão distintas e se esquecem do poder que esse grupo pode ter se for bem administrado, se souber trabalhar coletivamente e tiver as suas habilidades bem exploradas.

Enquanto um profissional tem uma personalidade mais comunicativa e uma grande capacidade de inovação, outro pode ter maior conhecimento técnico e uma visão mais estratégica e analítica do mercado. E isso não faz com que um seja melhor do que o outro.

Cada uma dessas habilidades e personalidades pode trazer benefícios inestimáveis para uma empresa. Cabe a você identificar e incentivar o desenvolvimento dos potenciais de cada colaborador por meio de orientação, feedbacks e incentivo à capacitação.

E você, como trabalha e explora as habilidades de suas equipes multidisciplinares? Confira a aula online que separamos sobre as 5 principais estratégias para ter uma equipe produtiva. Nessa aula são apresentados os cinco obstáculos que estão prejudicando a performance da sua equipe e como superá-los! Basta clicar no botão abaixo e se inscrever para assistir:

Está difícil elevar a performance da sua equipe?
Conheça os obstáculos que estão prejudicando o seu time (e como superá-los).

Clique no botão abaixo e assista nosso webinário gratuito “5 principais estratégias para ter uma equipe produtiva”, com o maior especialista em produtividade, Christian Barbosa:

QUERO ASSISTIR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × quatro =

Rolar para cima