Comunicação Interna e sua importância

mulher fazendo comunicacao interna em reuniao online

Para uma empresa, a comunicação interna é indispensável saber se comunicar de modo estratégico com seu público de interesse. Isso acontece, principalmente porque o mercado está muito mais competitivo. Apenas no ano de 2015, o número de empreendimentos abertos ultrapassou 1,5 milhão. Entendendo essa necessidade, empresas bem-sucedidas devem buscar uma comunicação interna mais assertiva.

Hoje, a comunicação não é mais direcionada apenas ao público externo (clientes finais), mas também aos seus próprios colaboradores — e aqui começamos a falar em comunicação interna.

Nesse artigo, vamos identificar os benefícios dessa ferramenta e os fatores que podem influenciá-la no dia a dia do negócio. Ficou interessado? Então continue acompanhando.

Por que falar sobre comunicação interna?

Como já foi dito anteriormente, o mercado nunca esteve tão competitivo. Clientes mais exigentes, concorrência mais acirrada, meios de comunicação mais fragmentados e produtos com ciclo de vida mais curto. Em meio a tudo isso, as empresas têm que se destacar.

Diferente do que muitos acreditam, a melhor forma de criar uma diferenciação não é investindo exclusivamente em marketing digital. Um das melhores estratégias é apostar em uma equipe alinhada e engajada na busca pelos objetivos organizacionais.

Só para ilustrar: uma pesquisa divulgada pela corporação Rockfeller, de Pittsburgh, afirmou que 68% dos clientes que deixam uma empresa o fazem por conta da indiferença com que são tratados. Ou seja, por conta de mau atendimento.

Portanto, por melhores que sejam as máquinas e softwares de uma organização, nada substitui a importância do capital humano. Por isso que é tão importante falar sobre a comunicação interna das empresas.

O que é comunicação interna?

Os primeiros registros de comunicação são datados de 8 mil anos a.C. Isso prova como ela é indispensável para a sobrevivência e evolução da humanidade. Para os negócios não é muito diferente. É, inclusive, fator de conquista (ou fracasso) para qualquer empresa — independentemente de seu tamanho, segmento e faturamento.

Podemos dizer que a comunicação interna é a troca de informações dentro do ambiente corporativo, que pode acontecer de modo vertical (entre chefes e subordinados) e horizontal (entre profissionais do mesmo nível hierárquico). É de responsabilidade dela, que também é conhecida como endocomunicação, fazer circular as informações relevantes e autênticas.

Assim, o objetivo da comunicação interna é manter os colaboradores informados sobre ações, missão, visão e valores da empresa. Além disso, entram também a estratégia de atuação no mercado e tudo que for considerado relevante. Tendo em vista o alinhamento da equipe de trabalho e o engajamento de todos na busca por resultados para os negócios.

Para o sucesso na comunicação é necessário que a alta cúpula da organização também esteja disposta a ouvir seus colaboradores. Isso mantém um diálogo aberto, possibilitando o feedback constante entre todas as partes interessadas.

Quais os benefícios para o negócio?

A endocomunicação busca informar, alinhar e engajar a equipe de trabalho, tendo em vista a importância do capital humano para o sucesso do negócio. Vejamos alguns dos principais benefícios de um diálogo aberto no interior das organizações:

Alinhamento da equipe de trabalho

Um dos maiores benefícios da comunicação interna é a possibilidade de alinhar a equipe de trabalho, fazendo com que todo o time olhe para a mesma direção e busque os mesmos objetivos.

Valorização dos colaboradores

Com uma comunicação clara e objetiva os colaboradores sentem-se mais estimados pela empresa. Com isso, tendem a vestir a camisa do negócio e serem fiéis defensores da marca.

Aumento da competitividade da empresa

Com colaboradores alinhados e valorizados é comum que fiquem mais engajados na busca pelos objetivos da empresa e, com isso, ela torna-se mais competitiva em relação aos seus concorrentes.

Evita rumores e boatos

Um diálogo aberto traz mais transparência e, assim, evita possíveis rumores que tendem a surgir naturalmente na relação humana. Desse modo, evita problemas e conflitos internos.

Melhora o ambiente de trabalho

A endocomunicação também traz melhorias para o clima organizacional, aprimorando as relações interpessoais e impactando de modo positivo a produtividade da empresa, tornando todo o negócio mais rentável.

Integração de novos colaboradores

Além de tudo, a comunicação correta facilita a integração de novos funcionários. Visto que eles se sentem parte do time de forma rápida.

Quais fatores podem influenciar na comunicação interna?

A qualidade da comunicação depende de muitos fatores, que devem estar devidamente alinhados para promover um diálogo eficaz e que traga resultados reais para a organização. Dentre os principais fatores, podemos destacar:

Alta cúpula

O esforço de se comunicar de modo eficiente deve se iniciar primeiramente nos executivos da organização, pois sem eles pouco importa o esforço de consultores e especialistas na área. A alta cúpula da empresa deve estar engajada com a busca por um diálogo franco e aberto com a equipe de trabalho.

Autenticidade

A verdade deve estar sempre em primeiro lugar e você deve evitar promessas que não podem ser cumpridas. Visto que, mais à frente, elas podem desestimular toda a equipe de trabalho. Por isso, não pode existir o problema do falar vs. fazer: falar uma coisa e fazer outra.

Novas tecnologias

É cada vez mais comum o uso de tecnologias que promovem os diálogos dentro das empresas, integrando as mais diversas gerações de trabalho. Dessa forma, novas tecnologias vieram para facilitar a vida de todos os envolvidos e tornar a comunicação mais acessível. Um exemplo disso são softwares de gestão de equipes, como o Neotriad, por exemplo.

Cultura organizacional

A cultura de uma empresa corresponde à soma de hábitos, crenças e valores. Ela deve promover a abertura do diálogo de modo horizontal e vertical, com o intuito de um melhor clima organização e melhores resultados para o empreendimento.

Como você observou ao longo de todo o artigo, a comunicação interna é uma das ferramentas mais importantes para o sucesso do negócio, sendo indispensável para o alinhamento e engajamento da equipe de trabalho em busca dos objetivos organizacionais.

Entretanto, algumas empresas ainda fecham seus olhos para essa realidade e deixam de investir no diálogo aberto e claro com seus colaboradores. Perdendo competitividade e participação do mercado e, além de tudo, aumentando o número de problemas e conflitos internos.

Você não quer que isso aconteça na sua empresa, não é mesmo? Então, invista em comunicação interna e aproveite para deixar seu comentário em nosso post contando sobre suas experiências!

1 comentário em “Comunicação Interna e sua importância”

  1. Pingback: Qual a importância da comunicação interna nas organizações?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + dois =

Rolar para cima